Seguidores

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Fio de Esperança



FIO DE ESPERANÇA 

Quando a esperança quebra ao meio
Machuca sem dó o meu coração
Sobe-me súplicas e vou ao chão
De mãos vazias sem meu esteio.

E a tristeza cresce sem titubeio
Provoca lágrimas e aflição
Enquanto luto em reação
Refaço a esperança que anseio.

Tal e qual um valente escultor
Erigido pelo desafio vencedor
Ao entalhar o sonho desejado.

Vislumbro à luz da confiança
O renascer de um fio de esperança
Dentro do coração estilhaçado!

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nota:

Na expressão popular brasileira "fio de esperança" tem a ver com a cultura hebraica e bíblica.  Ela nos fala da esperança e da expectativa que somente o ser humano possui e carrega.


15 comentários:

  1. Soneto maravilhoso que me fascinou ler. Puro extasio poético
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, querido Ricardo,
      pelo carinho da sua leitura e apreciação.
      Tenha uma noite abençoada
      Beijos!

      Excluir
  2. Linda poesia e que bom quando vemos surgir um fio de esperança ... beijos, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Chica,
      Importantissimo e maravilhoso é um fio de esperança quando só ele nos resta.
      Tenha uma noite abençoada.
      Beijos!

      Excluir
  3. Querida amiga Vilma!
    Um fiapinho de esperança resgata nossa autoestima.
    Em contrapartida, a falta dele, nos enterra vivas.
    Quem estilhaça um �� prestará contas a Deus.
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos carinhosos e fraternos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga Roselia,
      Ter esperança é uma condição para bem viver,
      pois, sem ela nossa caminhada torna-se muito dura.
      Tenha um bom dia abençoado.
      Beijos

      Excluir
  4. Me parecen unos versos preciosos, ese hilo de esperanza que nunca deberíamos soltar para no perder nuestra confianza y nuestro soñar.

    Un abrazo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Agapxis,
      Grata por teu gentil comentário tão verdadeiro!
      Temos que nos agarrar ao menos num fio de esperança para seguir confiante diante dos obstáculos da vida.
      Tenha um ótimo dia!
      Beijos

      Excluir
  5. Vilma,
    Os teus sonetos são uma delícia.
    A construção poética é notável.
    Grato pelos momentos lindos que me proporcionas!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, querido poeta A.S.
      Gratíssima pela apreciação que muito estimula meus versos, e já me sinto recompensada por ter escrito o soneto por te proporcionar um lindo momento.
      Tenha um dia inspirador!
      Beijos

      Excluir
  6. OLá Vilma,
    Tenho estado doente, daí a minha ausência.
    Espero ficar bem.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido Albino,
      Que você possa estar bem rapidamente.
      Desejo lhe melhoras e pronto restabelecimento.
      Minha ausência também se deve por motivo de saúde na familia.
      Beijos

      Excluir
  7. Oi, Vilma!

    Espero que vc esteja bem de saúde, apesar dos problemas em teu país. Em Portugal as coisas estão quase satisfatórias, mas o cuidado e regras continuam obrigatórias.

    Que lindo e bem escrito soneto! Você é uma poetisa de mão cheia, como sempre te tenho dito.

    A esperança é fundamental em nossas vidas, e embora o coração fique quebrado algumas vezes, temos de o preparar para novas coisas boas com o tal fio de esperança.

    Beijos e bom week-end. As melhoras na tua família.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Céu , querida amiga,
      Ainda estou por conta das melhoras de saúde daqui de casa. No Brasil a vacinação anda muito devagar. Enfim, pedimos a proteção de Deus e seguimos em frente.
      A esperança é nossa condição para superar os obstáculos e coração partido.
      Espero que você esteja bem de saúde e com belos sorrisos.
      Fique bem e que tenhamos uma semana de boas novas!!
      Beijos!!

      Excluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura e comentário!