Marcadores

Seguidores

sábado, 23 de outubro de 2010

Ai, Coração !


AI, CORAÇÃO!

Ai, coração! Por onde tu me levarás
Nessas fortes batidas aceleradas
Anunciando-me que convulsionarás
Irrigado de amor às estocadas.

Ah, coração! Faz-me corar de emoção
No contralto do ribombo sem cessar
Suspiros, gemidos que da cabeça
Aos pés transparecem na canção.

Compreendas-me, coração! Sou pureza
Às margens das febres das tuas escarpas
E a fragilidade no pacto da tua nudeza.

Eis-me artéria cravejada de amor em farpas
No segredo amante da tua torpeza,
Sou tua jugular. O´quanto me harpas!

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!