Marcadores

Seguidores

sábado, 28 de outubro de 2017

Homenagem de Adeus ao Poeta Odir da Cunha Milanez



Homenagem de Adeus 
ao Poeta 
Odir da Cunha Milanez

A poesia chorava nessa manhã
De céu cinza, nublado, encoberto
Por nuvens escuras e sem o afã
De um claro horizonte desperto.

Chorava o verso do poeta amado
Que fora fértil de amor na vida
Hoje em triste silencio, calado,
Não buscava suas rimas cativas.

Era o momento da despedida
Do grande mestre e sua poesia
Entre céus e  terras tão sentidas
Chorei o adeus nesse triste dia.

Adeus Mestre Poeta ODIR !
Saudades!
Vilma Piva
27/10/17


6 comentários:

  1. Encantadora sua homenagem a esse renomado poeta que o céu acolheu e enquanto uns choram pela partida dele, no céu a alegria é geral.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  2. Olá Lucia, obrigada pela visita e carinho! Odir da Cunha Milanez um dos maiores sonetistas do Brasil , com certeza está no céu fazendo seus versos maravilhosos!
    Gratíssima!!!Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Vilma. vim saber por aqui, pelo seu blog, da morte do Odir. grande sujeito, grande poeta. Lamento.

    Um abraço
    edimo ginot

    ResponderExcluir
  4. Olá Edimo, caro poeta, sim, nosso amigo poeta Odir, nos deixou saudosos de seus perfeitos sonetos e da sua fiel amizade. Uma grande perda. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Passando para lhe desejar um ano bem feliz, cheio de amor, paz, felicidades, realizações e muitas conquistas.
    Beijos afetuosos!

    ResponderExcluir
  6. Olá Lucia, agradeço sua gentil visita! Desejo-lhe um ano repleto de boas noticias!! Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!