Marcadores

Seguidores

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

VEM


VEM...

Vem violar meu silêncio
Na viagem de teus braços,
Me tomar inteira de posse,
Me prender em fundos espaços.

Invadir o céu da minha boca
Com o macio de teus beijos,
Engolir meus gemidos,
Desalinhar meus pêlos.

Beber o vinho do torpor
No arrepio da minha pele
Até fartar-se do teu eu,
Jogar tua âncora
Neste mar que sou eu.

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®


sábado, 14 de dezembro de 2019

Abandono

                                            Foto : Fabio Piva


Abandono

Portas fechadas
à beira do caminho;
o que aconteceu?

*
Abandonada
naquelas paredes brancas
tanta memória!

*
Calou a casa
onde as  mil estórias
foram vividas!

*
Casinha branca
De telhado vermelho
Abandonada!


Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®



quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Flamboyant






FLAMBOYANT

Vermelhos buquês
colorem a paisagem,
belo Flamboyant!

*

Árvore frondosa
de copa colorida
abriga nosso olhar!

*

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Banhos de Aromas


Banhos de Aromas

Maceras-me em lavandas da natureza
Em cachoeiras de fonte orvalhadas
Por entre ramos da mais sutil pureza
Em águas de cheiros aromatizadas.

E margeio o lago das acácias
No torpor estonteante do teu jasmim
As folhagens cobrem-me serena
De toda nudez que lavas em mim.

Agreste, deslizo meu corpo impregnado
De encantamentos nas águas enfolhadas
De mistérios em torrentes cristalinas

E mergulho meu ventre perfumado
De teu selvagem pinho e inclemente
Banhas-me em águas almiscaradas.


Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Gato


Gato

Gato esperto
rola a lã e agarra
brinca por perto!
*
De olhar felino
e espreita silenciosa
ataca a presa!
*
Sete vidas tem
o misterioso gato
e encantos também!
*
Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®



quinta-feira, 4 de julho de 2019

Fotografias


Resultado de imagem para olhar da nostalgia

FOTOGRAFIAS

Nas páginas da nostalgia
Fotografaste o passado
Na retina dos nossos dias.

 Ao tempo de um olhar
Vi minha face impressa
Num sonho de menina.

Festas, cinemas, passeios
Mar, praia, fazenda,
Viagens, amigos, família.

Nossas fotografias 
E uma estória de amor 
Em branco e preto.

Foi nesse momento
 Que sorrimos abraçados
À passagem do tempo

Que somou nossas vidas
Multiplicou momentos
E uniu nossos corações.

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Esperança

Imagem relacionada


ESPERANÇA


Na esperança
o coração é alegria_
pura confiança.

***
Na esperança
é forte quem se levanta_
perseverança.

***
Na esperança
o sonho não se acaba_
o tempo trança


***
Na esperança
Só o amor consolida
coragem e fé.

***
Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®





Inverno



Resultado de imagem para máquina de escrever


Letras emudecem-
no calor da escrita
é frio inverno.

***

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®






segunda-feira, 17 de junho de 2019

Ondas do Silêncio




ONDAS DO SILÊNCIO

A tarde abafada sob o sol
Transpirava um rubro espelho
Naquele olhar quase sem farol
Diante do imenso mar vermelho.

Cúmplices das ondas do silêncio
Que escondi na silhueta do arrebol
E naquelas faces do prenuncio
Que espraiavam águas em bemol.

Quietas horas remando energias
No profundo das temperanças
Ao refletir suores em sinergias

Meu barco navegou bonanças
Singrou águas e quando tu sorrias,
Transluzias meu sonho em esperanças.

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®


quarta-feira, 12 de junho de 2019

À Espera

Imagem relacionada



À ESPERA

Um prato quente para degustar
Com ervas e temperos sensuais
Aguarda tua boca para o jantar
Á luz de velas crepitando rituais

Pura paixão de néctar saboroso
Gotejantes lábios a caminho
Pulsa o beijo no coração ansioso
Flamba o meu olhar sobre o linho....

A ansiedade vigia a hora marcada
Mistura flores e aromas pela casa
Reflete o lume amoroso da madrugada

No calor expandido da pele amada
Provo da espera nas tuas palavras
Sobre o lençol da cama perfumada...

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®


segunda-feira, 3 de junho de 2019

Teus olhos, tuas mãos, teu corpo...


''O beijo" de Gustav Klimt feito entre 1907 e 1908 Óleo sobre tela, representa a união do casal à entrega da paixão. Traços seguidos e fluidos, abstracção na obra e sem a presença de elementos históricos. Esta obra pertence ao fase do ouro do autor (bem visto) mas no geral enquadra-se mesmo é no Modernismo.
Obra de Gustav Klimt


Teus Olhos, tuas mãos, teu corpo...

Teus olhos, tuas mãos, teu corpo
E eu essa labareda pertencida
Ao sem fim de um rio caudaloso
Que silencioso abre meu decote,
Desce o zíper as minhas costas
Com rumores de dentes no cangote.

Levanta meus cabelos de clarezas
E  inunda-me ardiloso, manhoso,
Os meus becos, meus picos de afogar
Na cintura que corre para o teu leito,
Submersa na garganta dos teus lençóis
Amarrotados, desfeitos - És perfeito!


Teus olhos, tuas mãos, teu corpo
E eu essa labareda pertencida 
aos teus rumores...


Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®


sexta-feira, 31 de maio de 2019

Desleixo

Imagem relacionada

DESLEIXO

O ser humano é desleixado
Vivendo entre o bem e o mal
Nem percebe o vírus alojado
Que o atacará de forma fatal !


Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®




quinta-feira, 30 de maio de 2019

Sem Ti




Sem Ti 
Rondel XXXIII


Sem ti, sou o solo da pluma no vazio
A dança triste da pena sobre o papel
A coreografia do chão em seu estio
O canto silencioso da solitude cruel.

Sem ti, não ouço músicas do teu perfil
Nem cirandas a cantar o doce e o fel.
Sem ti, sou o solo da pluma no vazio
A dança triste da pena sobre o papel.

Sem ti, sou apenas brisa no sombrio
Rastreando folhas do nosso carrossel,
Lembranças nas pautas do vento bravio
Bailando rotas a dois em meu dossel.
Sem ti, sou o solo da pluma no vazio!

Vilma Orzari Piva

Direitos Autorais Reservados ®



terça-feira, 14 de maio de 2019

Beijo


Como dar um beijo perfeito e inesquecível, segundo o Doutor da Atração


Beijo

Louca de amor
Toquei meus lábios nos teus,
Beijei loucuras !

**
Provei tua boca
Num beijo de loucura
Amei- te tão louca !

**
Vilma Orzari Piva


Direitos Autorais Reservados ®

terça-feira, 7 de maio de 2019

Mãe - Lembrar você

pinturas românticas


Mãe - Lembrar você

Lembrar você no seu colo de afetos
É querer outra vez ser sua criança,
Ter a benção de seus acalentos
Dormir o sono solto da confiança.

Lembrar você é lembrar dias de alegrias
Com gosto de bolo e café cheiroso,
Dos prazeres à mesa,doçuras dos dias,
No bem real do amor mais que valioso.

Lembrar você é lembrar da roupa nova,
Das suas costuras nos meus vestidos,
Da batida da máquina que fez prova
Em babadinhos e bordados coloridos.

Da roupa lavada, do branco na alvura,
Dos varais ao sol e do vento no quintal.
Lembro-te na lida em qualquer altura
Da hora do dia, sempre pronta, divinal.

Lembrar você é revisitar nossa casa,
Nossa morada de tantas felicidades
Onde beijo a lágrima que extravasa
O amor que sinto por ti, minha mãe. 
Saudades!!

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®