Marcadores

Seguidores

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Banhos de Aromas


Banhos de Aromas

Maceras-me em lavandas da natureza
Em cachoeiras de fonte orvalhadas
Por entre ramos da mais sutil pureza
Em águas de cheiros aromatizadas.

E margeio o lago das acácias
No torpor estonteante do teu jasmim
As folhagens cobrem-me serena
De toda nudez que lavas em mim.

Agreste, deslizo meu corpo impregnado
De encantamentos nas águas enfolhadas
De mistérios em torrentes cristalinas

E mergulho meu ventre perfumado
De teu selvagem pinho e inclemente
Banhas-me em águas almiscaradas.


Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Gato


Gato

Gato esperto
rola a lã e agarra
brinca por perto!
*
De olhar felino
e espreita silenciosa
ataca a presa!
*
Sete vidas tem
o misterioso gato
e encantos também!
*
Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®



quinta-feira, 4 de julho de 2019

Fotografias


Resultado de imagem para olhar da nostalgia

FOTOGRAFIAS

Nas páginas da nostalgia
Fotografaste o passado
Na retina dos nossos dias.

 Ao tempo de um olhar
Vi minha face impressa
Num sonho de menina.

Festas, cinemas, passeios
Mar, praia, fazenda,
Viagens, amigos, família.

Nossas fotografias 
E uma estória de amor 
Em branco e preto.

Foi nesse momento
 Que sorrimos abraçados
À passagem do tempo

Que somou nossas vidas
Multiplicou momentos
E uniu nossos corações.

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Esperança

Imagem relacionada


ESPERANÇA


Na esperança
o coração é alegria_
pura confiança.

***
Na esperança
é forte quem se levanta_
perseverança.

***
Na esperança
o sonho não se acaba_
o tempo trança


***
Na esperança
Só o amor consolida
coragem e fé.

***
Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®





Inverno



Resultado de imagem para máquina de escrever


Letras emudecem-
no calor da escrita
é frio inverno.

***

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®






segunda-feira, 17 de junho de 2019

Ondas do Silêncio




ONDAS DO SILÊNCIO

A tarde abafada sob o sol
Transpirava um rubro espelho
Naquele olhar quase sem farol
Diante do imenso mar vermelho.

Cúmplices das ondas do silêncio
Que escondi na silhueta do arrebol
E naquelas faces do prenuncio
Que espraiavam águas em bemol.

Quietas horas remando energias
No profundo das temperanças
Ao refletir suores em sinergias

Meu barco navegou bonanças
Singrou águas e quando tu sorrias,
Transluzias meu sonho em esperanças.

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®


quarta-feira, 12 de junho de 2019

À Espera

Imagem relacionada



À ESPERA

Um prato quente para degustar
Com ervas e temperos sensuais
Aguarda tua boca para o jantar
Á luz de velas crepitando rituais

Pura paixão de néctar saboroso
Gotejantes lábios a caminho
Pulsa o beijo no coração ansioso
Flamba o meu olhar sobre o linho....

A ansiedade vigia a hora marcada
Mistura flores e aromas pela casa
Reflete o lume amoroso da madrugada

No calor expandido da pele amada
Provo da espera nas tuas palavras
Sobre o lençol da cama perfumada...

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®


segunda-feira, 3 de junho de 2019

Teus olhos, tuas mãos, teu corpo...


''O beijo" de Gustav Klimt feito entre 1907 e 1908 Óleo sobre tela, representa a união do casal à entrega da paixão. Traços seguidos e fluidos, abstracção na obra e sem a presença de elementos históricos. Esta obra pertence ao fase do ouro do autor (bem visto) mas no geral enquadra-se mesmo é no Modernismo.
Obra de Gustav Klimt


Teus Olhos, tuas mãos, teu corpo...

Teus olhos, tuas mãos, teu corpo
E eu essa labareda pertencida
Ao sem fim de um rio caudaloso
Que silencioso abre meu decote,
Desce o zíper as minhas costas
Com rumores de dentes no cangote.

Levanta meus cabelos de clarezas
E  inunda-me ardiloso, manhoso,
Os meus becos, meus picos de afogar
Na cintura que corre para o teu leito,
Submersa na garganta dos teus lençóis
Amarrotados, desfeitos - És perfeito!


Teus olhos, tuas mãos, teu corpo
E eu essa labareda pertencida 
aos teus rumores...


Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®


sexta-feira, 31 de maio de 2019

Desleixo

Imagem relacionada

DESLEIXO

O ser humano é desleixado
Vivendo entre o bem e o mal
Nem percebe o vírus alojado
Que o atacará de forma fatal !


Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®




quinta-feira, 30 de maio de 2019

Sem Ti




Sem Ti 
Rondel XXXIII


Sem ti, sou o solo da pluma no vazio
A dança triste da pena sobre o papel
A coreografia do chão em seu estio
O canto silencioso da solitude cruel.

Sem ti, não ouço músicas do teu perfil
Nem cirandas a cantar o doce e o fel.
Sem ti, sou o solo da pluma no vazio
A dança triste da pena sobre o papel.

Sem ti, sou apenas brisa no sombrio
Rastreando folhas do nosso carrossel,
Lembranças nas pautas do vento bravio
Bailando rotas a dois em meu dossel.
Sem ti, sou o solo da pluma no vazio!

Vilma Orzari Piva

Direitos Autorais Reservados ®



terça-feira, 14 de maio de 2019

Beijo


Como dar um beijo perfeito e inesquecível, segundo o Doutor da Atração


Beijo

Louca de amor
Toquei meus lábios nos teus,
Beijei loucuras !

**
Provei tua boca
Num beijo de loucura
Amei- te tão louca !

**
Vilma Orzari Piva


Direitos Autorais Reservados ®

terça-feira, 7 de maio de 2019

Mãe - Lembrar você

pinturas românticas


Mãe - Lembrar você

Lembrar você no seu colo de afetos
É querer outra vez ser sua criança,
Ter a benção de seus acalentos
Dormir o sono solto da confiança.

Lembrar você é lembrar dias de alegrias
Com gosto de bolo e café cheiroso,
Dos prazeres à mesa,doçuras dos dias,
No bem real do amor mais que valioso.

Lembrar você é lembrar da roupa nova,
Das suas costuras nos meus vestidos,
Da batida da máquina que fez prova
Em babadinhos e bordados coloridos.

Da roupa lavada, do branco na alvura,
Dos varais ao sol e do vento no quintal.
Lembro-te na lida em qualquer altura
Da hora do dia, sempre pronta, divinal.

Lembrar você é revisitar nossa casa,
Nossa morada de tantas felicidades
Onde beijo a lágrima que extravasa
O amor que sinto por ti, minha mãe. 
Saudades!!

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®

sexta-feira, 3 de maio de 2019

TEU ÁLIBI




Teu Álibi

Atrair-me ao teu pólo distante
Varar luas em beijos constantes
Desavisar-me dos meus medos
Ambíguo estender de redes
Acrescidas de carícias em teus braços
Pedir-te um ponto exclamado
Doer de amor revelado...

Silenciar–me enraizada
Beijar o fruto alagado
Amar-te misteriosamente
Em terras de ninguém
No ar, no chão, no mar
Sem culpas, sem multas
Ficar sem nunca ter partido
Das centelhas inflamadas
Dos meus olhos nos teus lábios.

Álibi do teu beijo carbonado
Oxigenando ardências aos nossos fatos
Em etéreas perguntas aos lábios dos meus atos
Entregue aos cosmos das tuas alamedas sombrias...
Declaras-me apaixonada, cortejada pelo teu destino
Á beira dos teus doces perfumes de abismos
E rende-me desejosa, trêmula, impaciente,
Caída, combatente nas malhas do teu calor...
Pronta aos teus encalços presa de tanto amor !

Vilma Orzari Piva

Direitos Autorais Reservados ®


terça-feira, 30 de abril de 2019

Aldrago


ALDRAGO

Árvore em flor
colore-se de amarelo.
Aldrago em cor!

****

Aldrago em cor,
flores em belos buquês,
Visão urbana!

******


Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®




quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Dança



Imagem relacionada

DANÇA

Balé de alegrias
brindam o infinito mar
em coreografias!

*

Vilma Orzari Piva
Direitos Autorais Reservados ®