Marcadores

Seguidores

domingo, 16 de outubro de 2011

Asas de Luzes


ASAS DE LUZES

Nas asas da tua luz
Meu vôo é liberto
Das pedras do caminho.


Retiras os medos, as dores
E elevas-me aos céus
De pratas enluaradas
Suavizando minhas noites
Em beirais enamorados.


Lado à lado, aninhados, cativos,
Somos asas, somos pássaros,
Trinando pela imensidão

O duo alado de nossos corações
Azulados de amor,
Que num pio de silencio
faz cantar um mundo de carícias
em viagens de paixão.


Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

5 comentários:

  1. As asas estão sempre mais perto da luz,

    não é?


    Bjsss

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida!
    Que bom poder navegar novamente pelas tuas poéticas palavras!
    Estava com saudades.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu diria que as asas estão sempre perto da luz e do amor... *paixão!
    "Somos asas, somos pássaros, azulados de amor, em viagens de paixão'.
    lINDO DEMAIS!
    Beijo da amiga Mery*.
    Aguardo uma visitinha tua,se tiveres um tempinho.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite amiga talentosa!
    Neste mundo de caricias as asas estão perto da luz que ilumina ...
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Vilma,

    Adorei, senti uma liberdade extrema neste poema,
    Bjos

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!