Marcadores

Seguidores

sábado, 13 de agosto de 2011

Brincar de Amarelinha


BRINCAR DE AMARELINHA

Brincar de amarelinha era só alegria
Lá na minha rua com amigas vizinhas,
Descalças brincando todas as tardinhas
De riscar o chão num céu que ali havia.

Saltar quadro a quadro com um só dos pés
Era o desafio que não se podia errar
Prá chegar noutros quadros e descansar
Sem pisar na linha saltitando de um a dez.

Uma a cada vez trazia seus cacos de giz,
Outras faziam suas malhas de arremesso
Com casca de banana para o começo,

Marcando casas, saltava lépida a petiz
E aquela primeira que ao céu tivesse acesso
Ganhava-se por certo vivas de sucesso.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Um comentário:

  1. Vilma
    Querida Poeta tua criação é de delicadeza sublime, que nos remete aos momentos da infância trazendo alegrias dos tempos floridos.
    "Brincar de Amarelinha" é um resgate com perfume de saudade .
    Aplausos meus em tua belíssima criação!
    Beijos de violetas e meu carinho
    Marli Franco

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!