Marcadores

Seguidores

sábado, 22 de outubro de 2016

Princípio




” Sei que posso transformar sonoros finais
 em imensos princípios” 
Poeta Rolando Pozo

PRINCÍPIO

Agora que a dor acordou meus sentidos
E minha voz se levantou rouca e silente
Sei que posso traduzir meus pequenos passos
Em esperanças de ver luzes nos horizontes.

Sei que posso transformar meu semblante
Em radiantes visões mescladas de alegrias
Ao retirar o turvo olhar que nublado
Impediram o sol de festejar claridades.

Bem sei e reconheço o domínio das ausências
De teus beijos em meus lábios calados
Que ainda reclamam pelo gosto da tua boca
Plena de ganas, desejos e ardências.

Talvez não seja tarde para consumar
A volta do amor que devolve o sonho
Em nossos semblantes, mãos e bocas,
E nos transformam em novo principio.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®





4 comentários:

  1. Gostei muito destes lindos versos!
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Elisabete, pela leitura e carinho! Beijos!!

      Excluir
  2. Olá Vilma.
    Um belo canto ao amor, não apenas ao amor que ainda está vivo, mas também aquele amor que acabou (teria acabado?), mas que poderá voltar com seu alento de vida plena. Um belo poema. Parabéns.
    Abraço. Pedro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pedro Luso, a ideia nesse poema foi retomar um amor ....um recomeço e o amor não acabou. Gosto demais de falar sobre temas de amor e ele é sempre minha inspiração. Obrigada amigo, pelo carinhoso comentário! Bjs

      Excluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!