Marcadores

Seguidores

sábado, 7 de novembro de 2015

Pedido a um coração






PEDIDO A UM CORAÇÃO

Trancaste o coração no peito
Sob pena de não mais sentir emoção
Deixá-lo quase inerte, desfeito
Em solidão e sem qualquer ilusão.

Pobre infeliz! Sem ter um jeito
De se aquecer no amor e paixão
Paga por sua letargia no peito
Atravessando frios em noites em vão.

Ah coração !Peça liberdade,
Bata forte, pois tens o direito
De se emocionar com vontade,

De sonhar, livre, sem preconceito
Abrigar todos os sentires eleitos
Comandante dentro desse peito!

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Finados



FINADOS


Tal qual o vento
Que por aqui também passa,
nós passaremos!


Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®