Marcadores

Seguidores

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Para onde vou




PARA ONDE VOU

Para onde vou levo comigo
Jardins de azáleas e os roseirais
Que florescem manhãs no meu abrigo
Junto das folhagens dos coqueirais.

Levo também canários da terra,
Cantos de coleiros e seus ninhos,
O revoo da saíra que descerra
O entardecer no meu caminho.

Um buquê de flores branquinhas,
Cestos de frutos, maduros desejos,
E um pomar de amoras docinhas.

Levo o trovão do amor em beijos,
Relâmpagos de lágrimas sozinhas
E o ritmo da chuva em harpejos.


Para onde vou levo minhas dores
E alegrias, lembranças multicores!!


Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®



12 comentários:

  1. Para onde vou levo meus sonhos
    Nunca posso deixar meu sabiá
    Mesmo com o canto tristonho
    Sabe como me conforta por lá.

    Inspiradores desejos e quereres Vilma, bom vir neste canto de inspiração.
    Carinhoso abraço na bela semana.
    Bjo de paz e luz amiga.

    ResponderExcluir
  2. Para onde eu vou levo o meu amor,á minha alegria e meu carinho
    Lindíssimo poema,leve como a pluma transmite uma paz.
    Bom dia Vilma,beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. e se assim é, vais sempre bem acompanhada.
    um soneto muito belo.
    boa semana.
    beijos

    :)

    ResponderExcluir
  4. Bom dia,
    Querida e maravilhosa poetiza,é surpreendente a maneira,o ar das tuas inspirações,dispensa comentários.
    A cada palavra,a cada dizer nos fala de muitas lembranças,e o nosso pensar vai longe.
    É seguir uma estrada e levar nossas doces e até amargas lembranças.
    Tenha um lindo dia,obrigado por compartilhar.
    Fica na paz.
    Bjsos.

    ResponderExcluir
  5. Agradeço o carinho Vilma.Eu penso que guando chega a hora,não tem jeito.
    A morte deixa sempre um por que?
    Boa tarde beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Como a vida surpreende-nos Vilma...

    Estou encantada com teu espaço tão encantador,repleto de luz,calor,
    tanto que ler,ver,sentir aqui.

    Maravilhoso,já estou seguindo para fazer daqui uma morada de referência.

    "Para onde vou" um destino perfumado em pura poesia.

    Abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  7. Pra onde quer que fores a poesia te acompanhará.
    Parabéns.

    Mônica Pamplona.

    ResponderExcluir
  8. Magnifico poema. Parabéns! Adorei!
    Beijinho e uma boa semana!
    :)))

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo o seu poema. Não saberemos para onde vamos, mas decerto levaremos connosco a essência do que mais belo existiu dentro de nós.

    ResponderExcluir
  10. Olá, querida
    Leve tudo o que tiver sido bom da sua vida e será mais feliz ainda na outra...
    Bjm fraterno e quaresmal

    ResponderExcluir
  11. Um maravilhoso jardim onde levas tudo que tem de precioso na natureza.
    Amei.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!