Marcadores

Seguidores

sábado, 26 de janeiro de 2013

Efervescências




EFERVESCÊNCIAS

Arrancar do peito a caligrafia
Da tua voz vibrante na minha
É sentir nosso amor-profecia
Em vivo êxtase a cada linha.

Irrompendo-nos de amor caloroso,
Boca a boca num beijo que se fizera
Efervescente, desejo de sal radioso
No meu íntimo sol de primavera.

À tona das cantantes águas puras
Grafando-nos no leito que inunda
Minhas curvas sob tua grave textura

Em profusão de gozos em correntezas
Inscritas na paixão que me aprofundas
Gritos na carne em teu corpo de proezas.


Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

15 comentários:

  1. Great post. Nice atmosphere on your blog. I like it here. ;]
    Feel free to visit my blog. New images.
    If you like my picture like me on the fan page: https://www.facebook.com/pages/In-another-light/413836138693856
    I will be extremely grateful.

    Have a nice weekend. Yours. ;)

    ResponderExcluir
  2. Minha amiga...
    Que soberbo soneto!
    Tudo a condizer e termos aplicados corretamente em cada linha, em cada verso, em cada momento.
    Sabes que aplicaste uma expressão "algarvia" que define na exata medida aquilo que descreves como "À tona das cantantes águas puras"... mas mais hilariante é, a singela pureza da descrição efervescente.
    Beijos
    http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. É de uma vida amorosa penetrante que nos traz suaves recordações.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  4. É muita paixão*... Adoro!

    rs O meu poetar é tão simples Vilma!

    Mas não sou poeta como tu és.
    Eu faço remendos meio poéticos... Ah! Cada um com seu dom, não é?
    Beijs amiga estava c saudades de ti*
    Bom domingo Paz!

    ResponderExcluir
  5. Que soneto ardente e apaixonante amiga Vilma.... Maravilhoso! Bjus amiga!!!

    ResponderExcluir
  6. an article that evokes the spirit and romance
    thanks for sharing

    ResponderExcluir
  7. A pele com poros onde nascem pétalas de rosas, em paixão e amoR! abraços

    ResponderExcluir
  8. Vilma, é possível ler nas entrelinhas a paixão que move os versos. Um abraço!

    ResponderExcluir


  9. Si la amistad fuera un rosal,
    Tú serias la rosa más hermosa
    Del reino de los sentimientos…

    Bienvenida de nuevo
    a soñar
    y reir con las palabras.

    Un calido
    y sentido abrazo.

    Atte.
    María Del Carmen





    ResponderExcluir
  10. Un soneto, llameante y ardiente, preciso Vilma...Que tengas una linda semana.Bss

    ResponderExcluir
  11. Adoro tudo que você escreve.
    Este é mais quente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde minha querida !
    Inspiração de uma grande poetisa...versos que aprofunda-se dentro do amor!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Vilma! Superar-se não é uma tarefa fácil, mas cada vez que a visito, você já está alguns degraus acima e poetando como ninguém. Este soneto é belo demais! Um abraço!

    ResponderExcluir


  14. Me gustaría ser una gota de lluvia,
    Para nacer al borde de unos ojos bellos
    derramarme por la luz de las mejillas
    y romperme en la silueta de los labios,
    para iluminarte con una sonrisa cada mañana.

    ¡¡Un feliz y radiante fin de semana te deseo!!

    Atte.
    María Del Carmen


    ResponderExcluir
  15. Olá Vilma!
    Aqui está um lindo soneto de amor! Parabéns pela inspiração. Gostei muito.Abraços de Portugal.
    Maria Emília

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!