Marcadores

Seguidores

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Meu Limite




MEU LIMITE

Dá-me essas mãos que inspiram pesadelos 
No roçar suave dos meus cabelos, 
Ao imaginá-las frias, geladas, 
Depressa, quero aquecê-las sobre meus seios. 

Dá-me esses olhos sem juízo 
Que me desnudam a qualquer hora 
Numa ciranda ou numa ilha, 
Enlouquece-me vê-los tristes, 
Não percas tempo, quero-os sem receios. 

Dá-me esses lábios provocantes 
Que bebem na minha maciez, 
Ao senti-los cerrados, secos, mudos, 
Entristece minha boca.... 
Rápido e eu morderei 
Um beijo sobre teu sorriso.



Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

16 comentários:

  1. Vilma querida Poeta mais uma pérola do teu acervo maravilhoso!"Meu Limite" é uma requintada criação eu diria ainda que é Pura Poesia!
    um beijo de violetas e meu carinho

    ResponderExcluir
  2. Feliz Natal! E enviar todos os meus pensamentos fora da Roménia, para você e sua família. Eu estou feliz porque o ciberespaço facilitou o encontro literário. Com respeito.

    ResponderExcluir
  3. Que linda poesia, de imaginar o lindo beijo sobre o sorriso de quem amamos! abraços

    ResponderExcluir
  4. Lindíssimo Vilma, um momento maravilhoso!
    Beijos
    Mariangela

    ResponderExcluir
  5. Belíssimo Vilma !!!
    Sublime doação de amor
    com sutil sensualidade.

    besOSMen@

    ResponderExcluir
  6. “Em algum lugar sobre o arco-íris
    Pássaros azuis voam,
    E os sonhos que você sonhou
    Sonhos realmente se tornam realidade.”
    Que as suas energias iluminem o seu caminho e tragam um novo amanhã!
    Desejo-lhe um feliz natal e um abençoado ano em 2013.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. a suavidade e a sensualidade do poema...

    escreves muito bem!

    um beijo

    :)

    ResponderExcluir
  8. Poesia repleta de paixão, intensidade e suavidade.... lindaaaa! Bjus amiga

    ResponderExcluir
  9. Olá querida Vilma,lindíssima poesia uma arrebatadora paixão,
    parabéns mais um divino texto. Uma boa tarde!
    Abraços
    Maria Machado

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela poesia, é de uma grande sensibilidade!gostei deste lugar e já faço parte daqui .bjs!

    ResponderExcluir
  11. Vilma, que veia poética, amiga! Magnífica! Insinuante! Envolvente!
    bjs

    ResponderExcluir
  12. VIlma querida, como já comentei sua postagem, estou de volta apenas para te desejar um natal repleto de luz, amor e muitas paz ao lados dos seus entes querido. Grande beijo amiga e obg por seu carinho!

    ResponderExcluir
  13. Olá caríssima, boa noite!
    Hoje venho tão simplesmente desejar a si e aos seus um óptimo Natal!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!