Marcadores

Seguidores

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Só Um Pouco Mais


SÓ UM POUCO MAIS

Um pouco mais de ti preciso em mim
Para estender nosso amor nesta noite.
Ficar no amor da gente, unidos, enfim
Sem medo do amanhã nesse pernoite.

Um pouco mais de ti preciso em mim
Abraçada ao aconchego do teu amor.
Jamais perecerás no meu beijo sem fim
Ainda que uma lágrima venha se antepor.

Um pouco mais de ti preciso em mim
Para cobrir-me do rigor do inverno.
Tu e eu em qualquer estação faz festim
Pautados nas folhas do mesmo caderno.

Um pouco mais de ti preciso em mim
Para chamar-te Sol do meu amor eterno.
Presente, ficarei sem partir, ai de mim,
Se tu fores ausência viverei o inferno.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

19 comentários:

  1. A vida vira um inferno sem um pouco mais do nosso amor! abraços Sempre com divinas poesias

    ResponderExcluir
  2. SÓ UM POUCO MAIS
    Un poema muy bonito. Felicitaciones... Al calor del amor.

    ResponderExcluir
  3. Profundo...

    Gostei demais!

    Bjos querida amiga

    ResponderExcluir
  4. Viva...viva!!!!! Que versos intensos e apaixonantes... quanto amor.... adorei!!!! É assim mesmo quando pensamos em ficar distantes de quem amamos, queremos estar perto mais... mais...Bjus linda, ficou divino.

    ResponderExcluir
  5. .(⁀‵⁀,) ✫✫✫.♥
    .`⋎´✫✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
    ✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫↓↓↓
    Que poema terno suave e gostoso
    de ler, como vc sabe eu amo poesias
    e as suas são divinas como sempre
    Deixo um abraço carinhoso
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  6. Entenso...Belo poema,encantador cheio de um terno amor,
    parabéns querida amiga Vilma! Adorei seu poema maravilhoso!
    Obrigado pelo o presente que me encheu de felicidades.
    Um abraço
    Maria Machado

    ResponderExcluir
  7. Muy tierno tu poema Vilma, felicidades por tu buen hacer y lindos sentimientos.Un beso de buenas noches.

    ResponderExcluir
  8. Vilma!
    Tua maneira profunda e delicada de escrever seus poemas
    me encanta e me inspira.
    Gosto demais...
    Adoro te ler.

    Parabens gentil e doce poetisa...
    vera portella

    ResponderExcluir
  9. Oi querida
    Suas poesias são emocionantes
    Cada verso uma emoção
    Parabéns
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  10. Una Poesía que es una extensión de Ternura que agita nuestros sentimientos.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  11. Apaixonadamente inspirada Amiga.
    Um pouco a mais que faz toda revolução.
    Lindo de construção.
    Meu terno abraço amiga.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  12. Minha querida

    desculpe entrar assim,mas venho do blogue da Nádia, que é uma amiga querida e adorei a qualidade do que li aqui e tomei a liberdade de seguir, para voltar mais vezes.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Vilminha, venho te elogiar
    mais uma vez bela beleza do poema
    Deixando meu abraço fraterno, e desejando
    um bom feriado
    Bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  14. Soneto é a forma poemática
    que mais amo
    pela tradição da história
    da poesia
    pela sua magia e musicalidade
    mas não o faço
    um dos motivos
    é que existem poetas
    que como você
    que os tecem belamente
    como este
    Uma suplica de amor
    que o amado pode até ir
    embora
    e você sofrer muito
    mas virão muitos pássaros
    beber dos teus versos
    e fazer seus ninhos
    com suas estrofes rimadas
    deste belo soneto de amor.

    mui belo

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  15. "TÚ E EU...em qualquer ESTAÇÃO...faz FESTIM..."

    Muito bom...
    Quando há AMOR...SENTIMENTO...TUDO é FESTA.
    bEIJOS
    fICA COM deus.

    ResponderExcluir
  16. OI VILMA!
    UM TEXTO POÉTICO, COM HARMONIA ENVOLVENTE,DANDO-NOS MUITO PRAZER EM SUA LEITURA.
    LINDO!
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  17. Vilma, Só um pouco mais...
    Um pouco mais de ti preciso em mim
    desse teu amor,ternura,sublime sedução
    Só um pouco mais...
    Um pouco mais de ti preciso em mim
    do lirísmo da tua poesia e tudo enfim
    belíssimo !!!
    Sensibilizado com sua honrosa visita em meu blog
    Volte sempre querida amiga!
    besOSMen@
    http://meninosemjuizoemversos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. "Ainda que uma lágrimas venha se antepor", "Se fores ausência, viverei o inferno". Como não gostar de um poema com frases tais? Vilma, você me encanta...

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!