Marcadores

Seguidores

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Lua Anoitecida




LUA ANOITECIDA

Na tarde que o sol avermelhou o céu
E se pôs de mansinho em meus seios
Chamaste a lua anoitecida, sem véu,
Para descobrir meus olhos de anseios.

Diante do espelho em cios de alardes,
Despida de vazios sob tua quentura
Vieste no arrojo do galope que ardes
Em meu ventre nosso amor tessitura.

Transpiramos o desvario e o paraíso
Deitados em nossos suores de paixão,
Cavalgamo-nos quase sem juízo,

Exalando-nos selvagens em ebulição,
Em vertigens de prazeres onde divinizo
O gozo de nós dois em explosão!

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

25 comentários:

  1. "Muito bela sua poesia,querida Vilma,
    que amor ardente! Simplesmente maravilhoso,
    parabéns!!!
    Abraço...e boa noite!

    ResponderExcluir
  2. Vilma minha miga blogueira, venho aqui lhe dar os Parabéns!!!!
    Felicidades mil neste dia!!!!
    Cheguei meio tarde, mas com muito carinho!!!
    Que esta data se repita por muitos anos e que durante eles, você nos brinde com suas prosas e poesias!!!
    Beijo enorme!!!
    Feliz Aniversário!!!!

    ResponderExcluir
  3. O amor ardente que alimenta a vida, verdadeira vida! abraços

    ResponderExcluir
  4. ¡ Hola! Qué delicia. Apasionado, como una explosión de sentimientos y experiencias. Hermoso, hermoso, hermoso.

    ResponderExcluir
  5. Bom, deleitável proporcionalmente íntimo!

    ResponderExcluir
  6. Minha nossa que maravilha, quanta sensualidade e paixão. Lindíssimo minha amiga. mil beijos para ti!

    ResponderExcluir
  7. Soneto de rara beleza e deveras encantador... Aplausos amiga!

    ResponderExcluir
  8. Una explosión de sensaciones bajo una luna anoitecida.
    Precioso Soneto que es un hermoso cráter de sensualidad.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  9. Lindíssimo soneto!!!!!!!!


    Meus parabéns!!Fiquei atônito!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Un soneto bello y sensual, felicidades Vilma.Un beso

    ResponderExcluir
  11. Minha querida poetisa Vilma Piva... Estou de volta em sua casa
    para te deixar um presentinho,pegue no meu blog
    te ofereço com muito carinho.
    um abraço da amiga Maria Machado

    ResponderExcluir

  12. Querida amiga e grande poetisa Vilma !!!

    Passando aqui para deixar meu carinho e lhe
    Presentear com o selinho “Este Blog. É Ouro”,
    - Selo para os amigos- a ser retirado do meu Blog.
    (Cortesia de: “Poesias do Poeta Cigano”.)
    Beijos de luz !!!

    POETA CIGANO – 08/11/2012

    http://carlosrimolo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Escrito com rigor.

    Gostei.

    Beijinho para si!

    ResponderExcluir
  14. Que título bárbaro. Noite enluarada é o caralho!

    ResponderExcluir
  15. Olá Vilma,
    Que prazer tenho ao visitar seu blog; não há, sequer, uma vez que não me sinto entorpecido, - embriagado de encantamento com as tuas composições a exemplo desse lindíssimo soneto!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  16. └──●►
    Nesse sábado quero deixar um abraço
    e um final de semana cheio de muita
    alegria, gostar dos seus post me faz
    feliz pq tem tudo que gosto
    Lindo como sempre,parabéns
    Agradeço sempre sua visita
    Bjuss
    Rita
    └──●►

    ResponderExcluir
  17. Lindo, lindo, lindo! Um soneto íntimo. Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  18. Foi o que pensei...
    Um soneto íntimo. As rimas são preciosas.
    Um poema maravilhoso que retrata toda a intimidade do amor e do sentimento único de se pertencer.... Erotismo na sua mais pura essência....

    ResponderExcluir
  19. Não é troca de elogios
    nos poetas não precisamos
    disso
    fazer amor nos versos
    de um soneto quase perfeito
    nas rimas ricas
    e no conteúdo de uma louca
    paixão
    é poético demais
    ademais
    fazer haicai
    tão claro
    e belo
    ...
    nunca perca esta
    vontade poética
    faça sempre mais

    obrigado pelos
    selos
    vou estudar para transportá-los
    uma poeta como você
    merece todo carinho e atenção
    você também mereceu
    este prêmio
    sou um pobre poeta
    mais ofereço para você
    minha oração de poeta
    seja mui feliz

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  20. Vilma,
    A lua iluminou os seus versos e a sensualidade respirou.
    Gostei imenso!

    ResponderExcluir
  21. Vilma.
    amei a sublime sensualidade e o lirísmo de um orgasmo em versos
    beSOSMen@

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!