Marcadores

Seguidores

terça-feira, 14 de agosto de 2012

À Beira Mar



À BEIRA MAR

À beira mar sou concha de amares
Nos teus braços morenos de sois.
Água de oceano nos teus lençóis;
A naufraga salina dos teus suores.

O canto da profundeza espraiada
No azul de teu peito mergulhador;
A língua marinha molhada de amor
Em tuas altas ondas apaixonadas.

E retiras dos meus lábios o areal
Pois o destino não me quer cristal
Em tuas ágeis mãos de desbravador.

E acolhes meu corpo no teu litoral
Sob a clara lua a deslizar imortal,
E eu perolada, viva em teu amor!

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

21 comentários:

  1. Bravo! Bravíssimo! Lindo demais! O melhor de seus sonetos!

    ResponderExcluir
  2. Vilma querida Poeta a lira em tuas mãos é ouro fino, sofisticação de verso em verso.Os meus aplausos neste fantástico soneto!
    um beijo de violetas.

    ResponderExcluir
  3. Minha querida !
    O soneto de tão lindo me deixou com a imaginação nas mãos ...
    bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. a very beautiful poem
    good
    make my spirit
    thank you

    ResponderExcluir
  5. Olá querida amiga Vilma,

    Hoje eu precisava ler o quanto o amor é importante, e o quanto faz bem amar...

    Lindo..lindo..lindo...

    Bjos no core

    ResponderExcluir
  6. Um lindo, maravilhoso e terno soneto, adorei! Parabéns poetisa, bjos.

    ResponderExcluir
  7. "À Beira Mar há um encanto muito especial...
    O suor do amado se mistura ao sal do oceano, o céu a espiar tudo; o Sol* a iluminar e "a água marinha ...em tuas ondas "apaixonada...
    Muito bonita essa poesia, fico a pensar nos amantes à beira mar, "se lambuzam...
    rs
    Vilma estava com saudades de ti, fiquei feliz em te ver lá no meu Blog, obrigada.
    Que Deus te abençoe.
    beijo

    ResponderExcluir
  8. O mar é uma eterna inspiração que nos convida ao sentir, uma entrega vida, uma permissão ao amor, sensação de buscas , encontros e reencontros....

    Muito lindo...

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. O mar, bom para tudo! Mora a beira mar.
    O problema são essas ameaças de tsunami rsrsrs


    abração Vilma.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Vilma, vim lhe conhecer, conhecer seu trabalho e seguir seu lindo blog. Li alguns poemas, lindos!
    Agradeço seu comentário onde meu marido postou minha crônica, no 'Quadrantes'. Estarei por aqui com muito gosto.

    Beijos pra você
    Tais

    ResponderExcluir
  11. Amiga, voltei.
    Aos poucos vou me organizando.
    Uau! Q lindo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. ola vilma - lindo texto... a beira mar também sou concha.... abraços lamarque

    ResponderExcluir
  13. E acolhes meu corpo no teu litoral
    Sob a clara lua a deslizar imortal,
    E eu perolada, viva em teu amor!

    Acho que isso já é o suficiente ara
    dizer que adorei, abraços minha linda
    amiga, que seu dia seja feliz
    Bjuss
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  14. Olá Vilma,
    Fiquei muito contente por demonstrares interesse em participar do 1º Prosas Poéticas.
    Estou ansioso e conto com você!
    Peço, por favor, que envie seu texto o quanto antes e, se possível, com uma dessas gravuras maravilhosas que costumas usar.
    Fico no aguardo!
    Um beijo e até mais!

    ResponderExcluir
  15. Vilma ,o mar sempre é inspirar a criar obras lindas, vide seu texto...se bem, que você é muito criativa e tem o dom de nos encantar com as palavras, então o mar é uma mera desculpa. Bjs e bjs

    ResponderExcluir
  16. _E acolhes meu corpo no teu litoral...
    Belo, intenso, pra meu deleite como marinheiro q sou, qdo amor rima com água já fco feliz, pois na água tenho levedo minha vida, este trecho fcou uma mimosura, uma delicia de ler e interpretar, pra vc amada poetiza, bjos, bjos e bjossssssssss

    ResponderExcluir
  17. poesia é palavra pérola muito bonita
    leia este post se o corpo flutuava e quanto mais feliz a vida se você vivesse em uma forma amorosa

    muito bonita
    obrigado

    ResponderExcluir
  18. Lindíssimo, Vilma
    Um pérola de poesia.
    Lindas inspirações.

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Uma bela exposição de analogias para o sublime amor.
    Linda construção amiga.
    Abraços.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  20. Oi Vilma,

    Aqui, você personificou, sabiamnente, pessoas com entidades abstatas.
    Lindo!

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!