Marcadores

Seguidores

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Voz do Poeta


VOZ DO POETA

Paciente é a voz do poeta
Exalando o pulsar contínuo
De um secreto conluio
De hálitos mordentes.

Lavra de força ardente
Concebendo-se à prova
Do estigma insano do peito.

Poeta, mortal fazedor de sumos
Pertencido ao pórtico berço
Das cordas ao vento.
A voz dos cantares
 das infinitudes...

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!