Marcadores

Seguidores

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Chega de Saudade


CHEGA DE SAUDADE

Descoloriram-se nuvens negras
Que não ouviam preces dos nossos ais,
Afastaram-se lamentos habituais
E as cores no meu peito tu alegras.

E do cálido amarelo, o ouro se fez
No instante em que tu e eu sorrimos
De mãos dadas pelo chão, céus e cimos
Misturando nuanças na minha tez.

Matamos a saudade sorrateira
Que levava nosso pulsar ao leilão
Sob os véus das rosas na floreira,

Vermelha, dessa multicor roseira,
Oleira que nos molda na emoção
De nossos beijos na lareira.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Um comentário:

  1. "Chega de saudade...e no instante em que tu e eu sorrimos"...
    Lindo,feito uma canção que conheço há muito tempo*
    É uma realização do amor, entre beijos na lareira.
    Bjusss da Mery.
    Um doce primavera pra ti!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!