Marcadores

Seguidores

domingo, 13 de março de 2011

Profano Rosário



PROFANO ROSÁRIO


Dos mistérios da minha boca na tua
Salivo a fé em contas de luxúrias,
Rezo preces ao perdão das injúrias
Beijadas na unção terçã que desjejua.

És bendito fruto deste meu rosário
Em meu peito de rezas e ave marias,
Rogativas por mim e por ti em dias
De pecar por amor neste santuário,

Herege, templo sedutor erigido
No tinto da minha boca e coração
Expõe-me a cruz no cordão redimido

Em santos óleos de vida e paixão,
No culto profano do maior sentido:
Pecar contigo em santa comunhão.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!