Marcadores

Seguidores

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Exultante Sensação



EXULTANTE SENSAÇÃO

Aqueles que se amam por inteiro
Entregam-se às salivas da paixão,
Boca à boca, tresloucados de emoção
Em gulas um do outro em braseiros.

Transpiram peles no ato e no tato
Provam setas do cupido arqueiro
No pulsar de um alerta sinaleiro
Desvendam reentrâncias e recatos.

Deles exalam cheiro de amor e sexo
Prazeres sussurrantes aos ouvidos
Sinfonias de côncavo e convexo

Que de olhos abertos ou fechados
Vêem-se energizados por alaridos
De um sexto sentido: enamorados!

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

7 comentários:

  1. uau! Um poema magnífico, Vilma!
    E de tirar o fôlego. Parabéns! \o/


    bjs

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Rosa, pela visita e carinho!
    Parabéns pelo seu novo livro "Paredes Vivas"! Sucesso!!
    Beijos, Vilma

    ResponderExcluir
  3. Bom dia de sábado!!!

    Nesse final de semana comemora -se o
    dia das mães, desejo a você um momento
    especial, que toda alegria se reúna no seu
    coração junto da família
    Parabenizo por tudo, pela amizade sempre
    carinhosa ,e pelas agradáveis visita
    Deixo meu abraço bem apertadinho
    Bjuss
    Rita!!!
    ¸╭•⊰✿¸.•*✿⊱╮ღ

    ResponderExcluir
  4. Oi WILMA,,


    e quer saber de uma coisa?

    Gosto muito disto tudo!!!

    Quer que eu minta?

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  5. um soneto muito belo cheio de paixão e ternura e com alguma sensualidade.
    gostei muito.
    beijo

    ResponderExcluir
  6. Ha muita intensidade aqui... Um soneto completo! Gosto dessas grandezas, cheias de sentires...
    Tenha uma semana de muita paz e luz!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Lindo soneto..muito bem lapidado, para um sonetista como eu é sempre majestoso ler estas preciosidades lindo dia bjs

    http://lapidandoversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!