Marcadores

Seguidores

sábado, 5 de março de 2011

Vento da Ilusão


VENTO DA ILUSÃO

O vento feito preito fervoroso
Subjuga meus varais dos medos.
Uiva em balanço e arremesso
os silvos gemidos de teus aedos.

Ele sopra pelos vãos das aberturas
Ritmos de danças em minhas vestes
Que em volteios tremulam cinturas
Em gingados de enleios celestes.

E contigo bailo ao vento da ilusão
Causando-me abraços em perícias
No lençol do teu corpo de paixão
Bamboleando quadris em carícias.

Entregue às lufadas sem medidas
Emaranhas teus açoites ao meu abrigo
De êxtases de amor, sexo e vida,
Ondulando-me colada ao teu umbigo.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Um comentário:

  1. Vilma

    Querida Poeta estar em teu blog é sempre um rico momento de aprimoramento em poésis.
    Magnífica criação do teu acervo!
    Um beijo de violetas e meu carinho

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!