Marcadores

Seguidores

domingo, 13 de fevereiro de 2011

ELE


ELE - Rondel XV -

Ele, desbotado por outros beijos,
Não sabe do teor da minha boca
Amorosa, sabendo-te meu desejo,
Hoje avivado por uma lágrima tôsca.

Talvez nem saiba dos meus ensejos
Nem das verdades da língua louca.
Ele, desbotado por outros beijos,
Não sabe do teor da minha boca.

Desgastou-se o que era sobejo!
Coube-me descolorir, ser rouca,
E chorar o que há muito marejo
Naquela boca tornando-me fôsca,
Ele, desbotado por outros beijos.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!