Marcadores

Seguidores

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Regato da Paixão



REGATO DA PAIXÃO

Teus olhos são dois mirantes de luzes
Que despertam sonhos com suavidades,
Adentram minhas pupilas com claridades
Provocando lampejos em meus piscares.

Teu peito é a maciez de terno regato!
Meu doce pouso para aliviar cansaços,
Meu desprender de cabelos num abraço,
E meu amor suspirante de paixão no ato.

Tua boca é meu esconderijo de tesouros!
Minha arca amoral, meu bem e meu mal,
Minha cisterna de mel, meu bocado de sal,
Meu portal de aliciamento, meu ancoradouro.

És a paz e o doce tormento que espalmo
No meu corpo em frenesis amantes
Entalhado por tuas mãos perambulantes,
Desejosamente úmidas a cada palmo.

És provocação abarcada nos meus seios!
O arrebatamento e o prazer das chamas,
A ardência entre pernas que me inflamas
Ao gozo de querer-te nos meus meios.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!