Marcadores

Seguidores

domingo, 14 de novembro de 2010

Adélia Prado

 Vilma Piva e  Adélia Prado - Novembro de 2008


"Mulher é desdobrável. Eu sou." 
*
*
*
"O sonho encheu a noite
Extravasou pro meu dia
Encheu minha vida
E é dele que eu vou viver
Porque sonho não morre."


Adélia Prado
Direitos Autorais Reservados ®

Um comentário:

  1. maravilhoso minha amiga!!!
    e continue poetando...você deixa o mundo melhor!
    um beijo enorme!

    Elaine

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!