Marcadores

Seguidores

terça-feira, 5 de outubro de 2010

O Lírio e a Orquídea


O LÍRIO E A ORQUÍDEA
-Fabela-

Por entre o jardim em flor, o lírio
Acantonado murmurava a dor
Nostálgica de seu perfume lírico
À triste primavera do seu descor.

Na alva brancura, só, belo e puro,
Sonhava com a orquídea à espera,
Agarrado ao abandono do muro
Outonando ao redor das suas heras.

Sem poder ver as flores se abrindo
No balé dos ventos a caminho,
Não sentiu o rocio se repetindo

Inaugurando a flor sem espinho...
Desatento, viu estações seguindo
Deixando-se à beira do caminho...

Era ele a paz do outono sorrindo
Numa lágrima em cor de carinho!


Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!