Marcadores

Seguidores

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Mistério Amoroso


MISTÉRIO AMOROSO

Ó mistério amoroso que me asfixia!
Prove dessa lágrima na minha foz
Desvende os versos da minha voz
Que a espera vigia a minha agonia.

Ó amor doloroso que me tangencia!
Transpasse a tristeza da ausência;
Faça da eterna procura a indulgência
Do meu amor ao mago da soberania.

Ó amor esplendoroso das supremacias!
Ouça o Poeta em seus contínuos sonhos;
Deixe-me erguer os meus olhos risonhos
Ao golpe das quimeras da eterna poesia.

Ó amor gozozo transluzido em alquimias!
Daí-nos hoje e sempre o ventre da luz
E esse sol bordado que ao seio conduz
Ser presença do amor nas tuas epifanias.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!