Marcadores

Seguidores

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Hora Absoluta


HORA ABSOLUTA

Diante da hora absoluta,
Consumada,
Dar adeus a quem se ama
É tão incompreensível...

Na verdade é quase inadmissível
Que o amor tão esperançoso
Prove desse cálice amargo.

Somente Deus para confortar
Todas as fraquezas humanas!

 


*Ao meu querido irmão Beto,
minhas lágrimas de adeus,
meu amor, meu beijo e minha oração!


Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados ®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!