Marcadores

Seguidores

sábado, 11 de setembro de 2010

Ciclo de Venturas



CICLO DE VENTURAS

Meus olhos sonhadores de venturas
Propõem-me ver teus olhos tristes
Sem o engodo do mal que tu viste
Nas íris dos olhares das conjecturas.

E não sei medir o sonho com a razão
Pois meu coração pulsa e te captura
Nas marcas d´aguas das loucuras
Que só sei ver-te com minha emoção....

Como se tu fora o descerrar dos cantos
Na livre voz do pássaro na natureza
Que à beira das cachoeiras é a beleza
Inebriante colorindo meus mantos.

E me inclino absoluta ao sentimento
Em visões cíclicas que banham-te
De amor e lágrimas, e ao molhar-te
Entornas–me miragens e renascimento.

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!