Marcadores

Seguidores

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

À Luz da Aurora


À LUZ DA AURORA

Era vermelha a esfera da manhã
Espreguiçando o dia manhoso
Na tentativa de abrir os olhos
Para o esplendor do sol radioso.

Feito de um amanhecer contente
Trazendo ares de brisas acordadas,
Ninhos e chilreios da passarada
Voejando sobre um ar diferente.

Era um tanto de sol à sentinela
Anunciando o perfume do dia
Em feixes de aromas, buquês,
Carícias de rosas na minha janela.

Feito tuas mãos ao me acordar
Num toque sereno de surpresa
A me sussurrar à luz da aurora:
Bom dia, amor, volte a sonhar!

Vilma Piva
Direitos Autorais Reservados®

Um comentário:

Obrigada pelo carinho da sua leitura!
Deixe seu comentário, ele é muito importante!